Escrito em por & arquivado em NOTÍCIAS.

Equipes que compõem o Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência e Emergência) são responsáveis por uma média superior a 2.300 atendimentos de urgência e emergência mensais com o emprego de ambulâncias em Taubaté e nas demais sete cidades que integram o consórcio regional.

Este e outros dados foram apresentados aos prefeitos que integram o Cisamu (Consórcio Intermunicipal do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência e Emergência) em reunião ocorrida na tarde da última quinta-feira, dia 6 de julho.

De acordo com o balanço, o mês de maio foi o de maior quantidade de ações de regulação com o empenho de viaturas, totalizando 2.572 ocorrências.

Os dados também demonstram a importância do médico regulador para a triagem dos casos e destinação dos veículos. Desde o início das operações na região, ao final de novembro do ano passado, até o mês de junho foram 19.594 atendimentos regulados, dos quais 2.948 tiveram solução sem necessidade de deslocamento.

Trotes:

O índice no número de trotes teve queda. Em janeiro deste ano foram registrados 1.872 trotes para o Samu. Já o mês de junho somou 618 trotes, queda de 67%. Mas os números ainda preocupam. Neste primeiro semestre de operação 7.098 trotes foram recebidos pelo SAMU.

Outros indicadores também interferem na melhoria dos índices de atendimento: recusas de atendimento/remoção (692 registros no total) e remoção por terceiros/evasão (1.139 registros no total).

O serviço de resgate e transporte de pacientes é feito por meio de ligações ao telefone 192.

Confira outras notícias:
Clique aqui e confira as últimas notícias do Portal Quiririm News

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *