Pela manhã pais de alunos foram para a porta da escola buscar seus filhos - Foto: Quiririm News

Um áudio divulgado em um aplicativo de mensagens na internet causou temor em pais e alunos da Escola Estadual Deputado Cesar Costa, na manhã dessa sexta-feira (30) em Quiririm. Cerca de 80% dos alunos não assistiram as aulas na escola por medo do conteúdo do áudio que falava em atentado na escola.

No áudio, veiculado através do aplicativo Whatsapp, viralizou a informação para pais e alunos que a diretora havia avisado uma mãe de aluno que um garoto invadiria a escola e mataria à todos.

No áudio, uma voz de mulher informa aflita que, “A Zeli (diretora) aí,  ela é amiga da mãe da  Jenifer, da namorada da minha prima. Ela mandou mensagem para a mãe da Jenifer, falando assim, que não era para ela ir para a escola ,que um moleque mandou mensagem para ela falando que ia matar todo mundo”, afirma o áudio que viralizou entre os alunos.

A direção da escola desmentiu a mensagem e disse que tudo passa de um boato e que as aulas não foram suspensas, mas confirmou que muitos pais vieram buscar seus filhos com medo de um atentado. Cerca de 80% dos alunos que foram as aulas nessa sexta-feira (30), deixaram a escola a pedido de seus pais, antes do horário normal de saída, com medo da ameaça.

“Eu vim buscar ela. Ela está com medo de ficar na escola e o boato rodou dizendo que alguém vai matar as crianças. Eu trouxe ela de manhã, mas como ela ligou com medo de ficar na escola, aí eu vim buscar ela, mais por precaução. O coração fica apertado, eu escutei uma ambulância nem sei na onde e já vim correndo”, conta Sheila Santos, mãe de aluna.

Marcio Ramos também foi até a escola buscar o sobrinho, com medo da ameaça de atentado, “Achei melhor buscar né, vai saber se vai acontecer ou não. Agora a preocupação é ainda maior, é um boato ou não? Como isso vai ser averiguado? Segunda-feira as crianças voltam as aulas, como vamos mandar um filho para escola com esse receio. Espero que possa ser uma brincadeira de mal gosto. Uma pessoa que faz uma brincadeira dessa não sabe o que está fazendo”, disse.

O que diz a direção da escola?

A diretora Maria Zeli, citada no áudio, não estava na escola essa manhã, ela atendia outro compromisso junto a Diretoria de Ensino, entretanto, a vice-diretora da escola, Adriana Castrezana tranquilizou os pais e disse acreditar que tudo seja boato, “Depois que houve a divulgação na imprensa é que os pais ficaram preocupados e vieram retirar as crianças da escola. Mas até agora tudo tranquilo, normal”, conta a vice-diretora que ressalta, “A viatura da Polícia já veio aqui, olhou o andamento da escola e não tem nada que desabone”.

Com o boato do atentando, outro boato de que as aulas estariam suspensas está circulando, mas Adriana desmente o fato, “Segunda-feira é aula normal. Os pais devem ficar tranquilos, a escola não está omissa a nada, a escola está preocupada com a situação, não está fechando os olhos. Mas é um boato de mal gosto que vamos tentar resolver da melhor forma, mas que fiquem despreocupados. Estamos de olho em tudo que está acontecendo”, afirma Adriana.

A escola já identificou os alunos que gravaram o áudio e pretende conversar com eles e descobrir como tudo começou. A escola informou também que possui contato direto com os pais de todos os alunos e em caso de informação urgente, os pais serão contactados por telefone, além de cartazes na porta da escola e ainda aviso na página oficial da escola no Facebook.

Ao todo a Escola Estadual Deputado Cesar Costa atende 632 crianças do sexto ao terceiro ano do Ensino Médio. A reportagem do Quiririm News tentou contato com a Polícia Militar sobre o caso, mas até o momento não houve resposta.

Confira outras notícias:

Clique aqui e confira as últimas notícias do Portal Quiririm News

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *