Alessandro comemorou com seu guia e treinador Guto Nascimento - Foto: Mirian Jeske/CPB

O atleta de Taubaté Alessandro Rodrigo da Silva, conquistou na manhã dessa segunda-feira, dia 30 de agosto, a medalha de prata no arremesso de peso, classe F11, nas Paralimpíadas de Tóquio 2020.

Aos 36 anos, Alessandro alcançou a marca de 13m89 e foi superado apenas pelo iraniano Mahdi Oladi, que obteve a medalha de ouro com um arremesso de 14m43.


Alessandro é paulista de Santo André e ficou cego devido a toxoplasmose. Ele faz parte do Programa Esporte para Todos da Prefeitura de Taubaté e defende a cidade desde 2017. Muito feliz ao final da prova, Alessandro comemorou muito com seu guia e treinador, o taubateano Guto Nascimento, técnico do Programa Esporte Para Todos.

Em seu currículo Alessandro tem também a medalha de ouro no lançamento de disco na última Paralimpíada que aconteceu no Rio de Janeiro, em 2016.

Com o fim de prova o pódio da prova de arremesso de peso classe F11 ficou definida da seguinte forma: Ouro para Mahdi Olad do Irã, com 14,43m; Prata para Alessandro da Silva do Brasil, com 13,89m; e Bronze para Onei Tapia da Itália, com 13,60m.

Alessandro da Silva segue no Japão e aguarda para mais uma disputa nos Jogos de Tóquio. Depois da Prata conquistada, ele tem um dia de descanso e volta ao Estádio Olímpico na quarta-feira, 01/09, quando compete no Lançamento de Disco.

Atual líder do Ranking Mundial no Disco, ele entra na prova como um dos principais favoritos ao ouro. A final do Lançamento de Disco F11 será às 22h30 (horário de Brasília)

Confira outras notícias:
Clique aqui e confira as últimas notícias do Portal Quiririm News

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *