Caixa de energia ficou totalmente destruída - Foto: Acervo Pitty Passos

No último domingo, 17 de março, os moradores da quadra “C”, no bairro Cecap 1 em Taubaté, se assustaram com um incêndio que se iniciou na caixa coletiva de medição de energia que alimenta todas as residências da quadra.

O Corpo de Bombeiros foi acionado e combateu o incêndio após o desligamento do fornecimento de energia na região. A moradora do local, Pitty Passos relata que o incêndio começou por volta das 20h e que passou medo dentro de sua casa. “Foi desesperador! As casas começaram a dar curtos, barulhos horríveis, o chão pegou fogo, pois os fios são subterrâneos. Tinha crianças chorando mulheres gritando, pois a caixa lá explodia e parecia metralhadora ou bombas, muito medo mesmo”.

A caixa coletiva de medição interna de energia fica do lado externo das casas e todas juntas em um único lugar, na entrada da quadra onde moram. Assustados, os moradores saíram para a rua e fotografaram o incêndio.

Caixa pega fogo – Foto: Acervo Pitty Passos

O que diz a EDP: 

Há mais de um dia e meio sem energia, o empasse agora é para consertar e reestabelecer a energia, já que em nota a EDP informou que 36 casas foram atingidas e que o local queimado é de responsabilidade do empreendimento.

“A EDP esclarece que a estrutura da caixa de medição é de responsabilidade do empreendimento, e que aguarda seu reparo para a ligação da energia no local. Vale ressaltar que domingo – 17/03, devido ao incêndio, a rede elétrica da Concessionária que abastece outros 100 clientes próximos ao local também foi afetada, sendo que a equipe da EDP esteve no local e restabeleceu o serviço. Técnicos da EDP acompanham o caso junto com a prefeitura de Taubaté, para apoiar na solução do caso”, conclui a EDP em nota.

O que diz o CDHU:

O empreendimento Cecap faz parte do CDHU ( Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano do Estado de São Paulo) que também em nota disse que, “O Conjunto Habitacional Taubaté A – Cecap foi entregue há mais de 20 anos e a responsabilidade pela manutenção das áreas em comum é do condomínio. O reparo elétrico do transformador em questão é da concessionária responsável pela região”.

No centro da indefinição de responsabilidades, os moradores do Cecap se organizaram e com dinheiro próprio contrataram um eletricista para sanar emergencialmente o problema.

“A gente vai pedir uma perícia e vamos levar o caso para a Defensoria Pública e corregedoria, estou pegando assinaturas dos moradores e estamos aqui quase todos os vizinhos acompanhando o trabalho do eletricista particular que contratamos”, explica Pitty Passos.

Até o fim dessa reportagem os moradores ainda continuam sem energia elétrica em suas casas. Ninguém ficou ferido.

Confira outras notícias:

Clique aqui e confira as últimas notícias do Portal Quiririm News

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *