Imagem ilustrativa - Divulgação/CMT

Dez títulos de cidadania taubateana tiveram a concessão autorizada pelos vereadores da Câmara Municipal na sessão da última terça-feira dia 31 de agosto. Com discussão única, os documentos dependem da promulgação pelo presidente da Casa, Paulo Miranda (MDB), e devem ser entregues em sessão solene no final do ano.

Duas propostas tinham votação prevista na ordem do dia, os projetos de decreto legislativo 14/2021, de autoria da vereadora Elisa Representa Taubaté (Cidadania), e 16/2021, de Paulo Miranda, que concedem o título ao artista e empresário Ronaldo José Robles e ao ex-coordenador da Defesa Civil de Taubaté, Mateus de Oliveira Soares, respectivamente.


Outras oito proposituras foram incluídas na pauta com aprovação do Plenário, como por exemplo o projeto de decreto legislativo 24/2021, do vereador Moises Luciano Pirulito (PL), que concede o título à deputada federal Katia da Silva Sastre (PL); o 20/2021, do vereador Diego Fonseca (PSDB), ao empresário Cândido Augusto Rezende Neto; e 17/2021, de João Henrique Dentinho (PSL), ao confrade Renato Lima de Oliveira, da Sociedade São Vicente de Paulo.

O projeto de decreto legislativo 23/2021, de Douglas Carbonne (DEM), concede a honraria à secretária de Meio Ambiente, Magali Neves Rodrigues; o 21/2021, de Alberto Barreto (PRTB), propõe a cidadania ao deputado estadual Oscar Castello Branco de Luca (PSL).

Já o projeto de decreto legislativo o 18/2021, de Richardson da Padaria (DEM), concede o título de cidadão ao deputado federal Alexandre Leite (Democratas); o 25/2021, do vereador Professor Edson (PSD), concede o título à fundadora do grupo Unidos Pela Fé, Marilda Aparecida de Matos Roch; e o 19/2021, de Adriano Coletor Tigrão (Cidadania), à psicóloga Lúcia Andréia Gomes de Souza Silveira.

Confira outras notícias:
Clique aqui e confira as últimas notícias do Portal Quiririm News

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *