Eleição para novo presidente da Câmara não acontece e Digão assume cargo

Votação só seria possível se presidente do legislativo renunciasse, o que não ocorreu

Marcada para acontecer na última segunda-feira (15), a votação para a escolha do novo presidente da Câmara Municipal De Taubaté não foi realizada. A justificativa dada pela Câmara é a de que o ex-presidente da casa e agora prefeito interino de Taubaté Paulo Miranda (PP), não renunciou ao cargo e por isso, automaticamente, o vice-presidente da Câmara Digão (PSDB), assume o cargo.