Imagem: Divulgação Aleitamento Materno / Facebook

A situação atual do estoque do Banco de Leite Materno de Taubaté não é alarmante, com a chegada do inverno e também do período de férias, os estoques sofrem uma queda brusca no número de doações e justamente na semana mundial do aleitamento materno que se encerra nessa sexta-feira (7), atingiu números preocupantes de 60% abaixo do esperado.

Com apenas 40% de doação no estoque, todo leite que arrecadado, passa por um processo de pasteurização e higiene, e assim é encaminhado para as UTIs neo-natais da cidade de Taubaté, “Todo ano tem queda de doação durante as férias e inverno. Caiu bastante o número de doações, estamos bem abaixo do esperado, 60% do ideal”, conta a enfermeira Fernanda Muassab.


Leite materno

Foto: Divulgação

Toda mãe que estiver saudável e que fez todo o acompanhamento de pré-natal e não teve alteração durante o acompanhamento, está apta à doar, “A mãe deve ter produção excessiva de leite materno, em primeiro lugar deve amamentar a filha dela, mas tendo leite e podendo doar vai nos ajudar muito”, informa Fernanda.

Para doar não é necessário ir pessoalmente até o Banco de Leite, o cadastro de doação pode ser feito através do telefone  (12) 3624-6814 ou (12) 3621-3400.  Enfermeiros ensinam como fazer a coleta em casa.

“A doadora deve ter o cartão “SUS” e não precisa vir pessoalmente, pelo telefone a gente faz o cadastro e fazemos a coleta domiciliar em Taubaté ou Tremembé. Nós fornecemos o kit com tocas e mascaras, explicamos o processo de higienização e, uma vez por semana, a gente passa na casa da doadora e recolhe”, explica a enfermeira Fernanda.

Rico, o leite materno é o único alimento que basta para o bebê até os seis primeiros meses de vida, “O leite materno é o alimento mais completo que existe, é recomendado amamentar até os dois anos ou mais”, conclui Fernanda Muassab.

O Banco de Leite de Taubaté fica na Rua Dr. José Luiz de Almeida Soares, nº 35, no Jardim Santa Clara em Taubaté.

Dicas para amamentação:

  • A amamentação não deve machucar o peito. Se está machucando, é importante procurar ajuda em uma Unidade Básica de Saúde ou Banco de Leite Materno;
  • Não existe leite fraco. O leite da mãe tem os nutrientes necessários para o seu bebê;
  • Não dê chupetas, bicos e mamadeiras, pois podem levar o bebê a rejeitar o peito da mãe, além de causar problemas nos dentes, na fala e na respiração;
  • Não use medicamentos sem a prescrição médica. Alguns medicamentos podem interferir na amamentação;
  • Não é recomendado dietas para emagrecimentos. A mulher que amamenta precisa ter uma alimentação saudável;
  • Bebidas alcoólicas e cigarros devem ser evitados;
  • A mulher que usa drogas, como maconha, rack e cocaina, não deve amamentar.

Confira outras notícias:
Clique aqui e confira as últimas notícias do Portal Quiririm News

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.