Escrito em por & arquivado em POLÍTICA.

Reunião da CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) da Labclim, realizada na Câmara de Taubaté na quarta-feira, 16, foi marcada pela ausência do representante designado pela empresa.

O advogado Ivo Roberto Perez iria ser ouvido pela CPI e questionado sobre a prestação de serviços laboratoriais pela Labclim na cidade de Taubaté, serviço este que resultou em uma multa de R$ 188 mil por atraso na entrega de resultados de exames. A empresa havia sido chamada a depor antes do recesso parlamentar, mas conflito de agenda adiou a reunião.

De acordo com a presidente da CPI, a vereadora Gorete (DEM), uma vez que foi prejudicada a oitiva com a empresa, caberá ao relator a emissão do parecer conclusivo.

Em audiências anteriores, a CPI já ouviu os secretários João Ebram Neto (Saúde), Jean Soldi (Jurídico) e Odila Sanches (Administração) da Prefeitura de Taubaté.

Estiveram presentes no plenário os vereadores Dentinho (PV), Noilton e Loreny, do PPS, e Vivi da Rádio (PSC).

Leia também:

Labclin é multada em R$188 mil por atrasos em resultados e entregas de exames

CPI: Secretários reconhecem falhas nos trabalhos da Labclim

Confira outras notícias:
Clique aqui e confira as últimas notícias do Portal Quiririm News

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *