Marcio Taino levanta a taça de campeão - Foto: Acervo

Nesse domingo (7), se completa uma semana do título do Paulista da Série A3 de 2015, conquistado pelo Esporte Clube Taubaté, em uma goleada histórica por 4 a 0 sobre a C.A. Votuporanguense, no estádio Joaquinzão, em Taubaté, onde o  alviazul devolveu os 3 a 0 sofrido fora de casa, na primeira partida da final.

A conquista foi marcada por altos e baixos durante a competição e foi exatamente nesse momento de crise do time, que iniciou a vitoriosa participação de um Quiririense, junto de toda a equipe do Taubaté, para a conquista do sonhado acesso para a A2 e o título paulista.


Leitores do Quiririm News, através de matérias de esporte, já tiveram a oportunidade de conhecer o trabalho do Preparador Físico Marcio Taino, onde iniciou sua carreira no burro da central através da equipe sub-20, com várias participações em Copa São Paulo de Futebol Júnior.

Formado em Educação Física pela UNITAU e no alviazul desde 2001, hoje, o “Mau” ou  “Marcinho”, apelidos carinhosos como é conhecido por todos no Distrito, se tornou uma referência de sucesso e persistência, chegando ao seu primeiro objetivo, conquistar um título paulista e o acesso com a equipe profissional do E.C. Taubaté.

Foto: Acervo

Marcio Taino durante partida do E.C. Taubaté – Foto: Acervo

“O trabalho da preparação física foi fundamental, tanto para os atletas que estavam voltando de lesão, como para o início do trabalho de fortalecimento muscular na academia, que os antecessores não faziam. Sei que cada profissional tem o seu perfil de trabalho, mas para o futebol atual não dá para ficar sem fazer força, potência, etc.”, ressalta o trabalho da parte física o Técnico Campeão com o Taubaté, Ito Roque.

Marcio Taino assumiu provisoriamente no dia 23/02, após pedido de demissão de Paulo Mori, e em seguida, com a saída do técnico Edson Vieira,  Ito Roque chegou e assumiu o time na 9ª rodada, mudando o rumo da competição.

“Foi complicado, mas experiência eu tinha, sempre auxilie no profissional e muitas vezes assumia nas últimas rodadas. Na minha cabeça eu sabia que tinha que assumir de qualquer forma, o elenco é muito forte, tinha tudo para conseguir o acesso. Para mim foi a melhor coisa possível”, disse Marcio Taino, sobre assumir o cargo em um momento tão conturbado do time.

Desafios:

Junto com a oportunidade veio a responsabilidade, “O maior desafio foi esse, de tirar os atletas do DM (Depto. Médico) e detectar o porque das lesões dos atletas. Foi feito um trabalho junto com fisiologista da união Dr. Fabiano, onde detectamos e conseguimos recuperar os atletas”, conta o preparador físico.

Vestiários:

“No começo estava um clima tenso, antes da chegada do Ito, se não me engano estávamos em 15º, a um ponto da zona do rebaixamento. Com o passar dos dias e de muito trabalho, tudo mudou, o clima melhorou muito, as vitórias começaram a surgir”, relata Taino.

Título e acesso para a série A2:

Continuando a história vitoriosa da família Taino no E.C. Taubaté, que teve com Antônio Julio Taino, Eder Taino e Toninho Taino grandes momentos, Marcio Taino diz estar vivendo um sonho, “Estou muito feliz, tem horas que até parece mentira (risos). Sentimento de sonho realizado, dever cumprido e objetivo conquistado”, conta Marcio Taino.

Torcedor do Taubaté, o título e a conquista vai além da satisfação quanto torcedor, “Para a minha carreira foi espetacular, muitos não me conheciam, agora tenho certeza que serei sempre lembrado profissionalmente no Taubaté. O trabalho de todos foi muito bem feito”, ressalta.

Ao lado do auxiliar técnico Reinaldo Xavier Marcio posa com a medalha de campeão - Foto: Acervo

Ao lado do auxiliar técnico Reinaldo Xavier, Marcio posa com a medalha de campeão – Foto: Acervo

Torcida:

Comemorando e muito, a torcida do burro da central apoiou e vibrou com o time até mesmo em jogos mais distantes, “A impressão que eu tive foi que os jogadores tiveram uma pré-temporada muito puxada, até exagerada, o que, no decorrer do campeonato, afetou bastante os atletas. E desses, alguns que eram peças chave. O trabalho de recuperação dos atletas foi crucial para que tudo corresse bem dentro de campo”, analisa Bruno Gil, torcedor do Taubaté, membro da organizada Comando 1914.

Futuro:

Apesar da conquista, ainda não se sabe ao certo o futuro de toda a comissão técnica e jogadores do E.C. Taubaté para o Paulista da A2 no ano que vem, “Torço muito para que essa comissão continue. Trabalhamos muito sério e com amor pelo clube. Comissão do bem, sem vaidade e com muita vontade de vencer. Todo mundo remando pelo mesmo objetivo”, deseja Taino.

Virada histórica no Joaquinzão:

Precisando de 3 gols de diferença para se sagrar campeão, ficou por conta de Lelo, Elton Morelatto e Bruno Fandinho (2), fazerem os gols e tirar o grito preso na garganta de “é campeão” e marcar a conquista como o primeiro conquistado dentro de casa pelo E.C. Taubaté. Na volta para casa, em Quiririm, o preparador físico pôde refletir sobre o dever cumprido.

“É muito legal ver que seu trabalho foi reconhecido, não existe prêmio maior que você receber um parabéns pelo dever cumprido. A satisfação é enorme”.

marcinhofinal

Agachado ao lado da taça dourada Marcio Taino faz a foto oficial de campeão com a Equipe – Foto: Acervo

 

 

 

Confira outras notícias:
Clique aqui e confira as últimas notícias do Portal Quiririm News

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.