Modelo da placa para Quiririm fixada no solo - Foto: Reprodução Facebook Vr. Digão

Capital Nacional da Literatura Infantil, Taubaté pode ganhar placas indicativas com os nomes de bairros com personagens das histórias infantis de Monteiro Lobato. Idealizada pelo vereador Rodrigo Luis Silva, Digão, (PSDB), a sugestão será encaminhada ao prefeito de Taubaté Ortiz Júnior (PSDB), visando valorizar a cultura local.

“Esse trabalho, idealizado pelo meu gabinete, contando com a colaboração e participação do artista Márcio Carneiro, me parece ser inédito, pois, não encontrei em outras cidades, pesquisando e visitando alguns locais, esse tipo de placa com personagens que caracterizam a cultura e o turismo de um município”, disse através da rede social o vereador.


As placas com personagens do Sítio do Picapau Amarelo, vão figurar ao lado dos nomes de bairros, praças, igrejas, parques, museus, escolas e prédios públicos. O modelo para o Distrito de Quiririm também foi desenhado e idealizado ao lado de parques, onde a personagem de Monteiro Lobato, Emilia, aparece com um pandeiro na mão, com trajes típicos italianos e ao fundo o “Mercatto” de Quiririm, fazendo a alusão a Colônia Italiana do Distrito e sua gastronomia.

teste

Placa idealizada para o Distrito de Quiririm – Foto: Reprodução Facebook Vr. Digão

Se aprovadas,  as placas deverão ser fixadas em suportes ou diretamente no solo e precisarão de apoio do comércio para serem realizadas, “É necessária uma parceria com o Ministério do Turismo, pois Taubaté, tem o título de “Capital Nacional da Literatura Infantil”, a Secretaria de Cultura do município e apoio dos empresários que investem em nossa cidade”, ressaltou o vereador através da rede social.

Conselho Municipal de Turismo:
Para a Presidente do COMTUR ( Conselho Municipal de Turismo), Elisa Surnin Saes, a medida é satisfatória, “É excelente. Isso já foi debatido pelos conselheiros (do COMTUR), inúmeras vezes. Se não me engano já foi feito até um projeto de sinalização turística de acordo com o Ministério do Turismo respeitando todas as regras. Mas infelizmente foi na era Peixoto, nunca havia interesse. Será maravilhoso para todos que dessa vez dê certo”, disse a presidente.

Apesar de aprovar a iniciativa, Elisa, que é moradadora de Quiririm destaca, “Queremos que aqui sejam utilizados personagens da cultura italiana, tipo o Nono e Nona ou outro como o pandeiro e etc… “Aqui (Quiririm), não cabem personagens forasteiros”, conclui a presidente do COMTUR.

 

 

Confira outras notícias:
Clique aqui e confira as últimas notícias do Portal Quiririm News

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.