Casarão de Seu Demo Canavezi está decorado com bandeiras do Brasil e da Itália - Foto: Douglas Castilho/Quiririm News

Em tempos de Copa do Mundo, Quiririm vive momentos de alegrias, paixão e sofrimento como todo brasileiro, mas para alguns moradores, e principalmente os descendentes de italianos, esses sentimentos são em dose dupla.

Com o coração bem brasileiro, alguns moradores descendentes de italianos, sofrem com o jogo do Brasil, mas também ficam aflitos com o jogo da seleção da Itália.


No grupo da morte, onde Itália, Uruguai, Inglaterra e Costa Rica se enfrentaram, apenas a surpreendente seleção da Costa Rica, ao lado da Uruguaia passaram para a próxima fase, já que em um jogo de vida ou morte para a Itália, a “Azzurra”, não conseguiu conter o gol Uruguaio e foi eliminada nesta terça-feira (24).

Com a casa toda decorada em clima de Copa do Mundo, mostrando bem esse coração de torcedor de duas pátrias, onde bandeiras italianas e brasileiras são postas lado a lado, seu Aristodemo Canavezi, 86 anos, já viveu várias copas do mundo, e hoje, já sabe lidar bem com esse sentimento.

No jogo decisivo desta terça-feira, ele torceu e achou que o juiz foi injusto “Meu segundo time perdeu, achei que o juiz prejudicou a Itália, foram um peso, duas medidas, se expulsou o italiano deveria expulsar o uruguaio que mordeu o nosso zagueiro”, criticou Seu Demo, como é conhecido por todos.

Neto de imigrantes italianos e de família tradicional na colônia italiana de Quiririm, ele deixa claro que torce para a Itália, mas quando chega partidas contra o Brasil, aí a situação muda um pouco, “Tenho o meio termo, torço pra Itália mas eu sou brasileiro, mas em segundo lugar eu sou Itália”, afirma Seu Demo.

O Torcedor de Brasil e Itália também é torcedor de Inter de Milão e Palmeiras - Foto: Douglas Castilho/Quiririm News

O Torcedor de Brasil e Itália também é torcedor de Inter de Milão e Palmeiras – Foto: Douglas Castilho/Quiririm News

Espectador de Copas do Mundo desde 1958, a que marcou para ele foi a do México em 70, onde o Brasil foi campeão, mas para esta Copa do Mundo no Brasil ele tem um desejo, “A Itália já perdeu, e eu fico preocupado do Brasil perder, eu quero que fique Brasil e Uruguai na final, para eliminar de vez o fantasma do Maracanaço”,  relembra a Copa de 1950 no Brasil, quando a seleção brasileira perdeu para a Uruguaia em pleno Maracanã, “E agora que eles eliminaram a Itália seria duas vinganças”, disse sorrido.

Já colocando uma final entre equipe sul-americanas, seu Dhemo vai além, “Vai ser 3 a 0, dois do Neymar e um do Fred”, deseja o torcedor.

O amor pelo Brasil e Itália é grande e mesmo com a eliminação precoce da “Azurra”, ele garante, “A Itália já saiu, mas, a minha casa vai ficar enfeitada com as bandeiras do Brasil e da Itália até o final, eu sou Inter de Milão e Palmeirense, ou melhor Palestrino, e faz tempo”, conclui Seu Demo Canavezi.

Entre Itália e Brasil ele torce para as duas seleções - Foto: Douglas Castilho/Quiririm News

Entre Itália e Brasil ele torce para as duas seleções – Foto: Douglas Castilho/Quiririm News

Confira outras notícias:
Clique aqui e confira as últimas notícias do Portal Quiririm News

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.