Foto: Divulgação CCR Nova Dutra

A equipe de Conservação da Via Dutra coletou em oito dias, entre os dias 8 e 15 de outubro, período de maior volume de romeiros caminhando pelos acostamentos, 9,3 toneladas de lixo entre as cidades de Caçapava e Lorena, no Vale do Paraíba, um aumento de 10%, quando comparado ao ano passado. Em 2017 o montante recolhido, entre os dias 6 e 13 de outubro, foi de 8,4 toneladas. Boa parte do lixo recolhido é formado por material reciclável.

O levantamento foi realizado na semana do feriado de Nossa Senhora Aparecida, na região onde a Concessionária que administra a via instalou 64 lixeiras para facilitar o descarte correto de resíduos, principalmente pelos romeiros que utilizaram o acostamento da rodovia para chegar ao Santuário Nacional de Aparecida. Desse total, 41 foram montadas na pista sentido Rio de Janeiro (entre o km 123 e o km 73) e 23 na pista sentido São Paulo (entre o km 55 e o km 109).

A implantação das lixeiras faz parte da operação preparada pela Concessionária de orientação aos romeiros que caminharam pela rodovia durante a semana que antecedeu o dia da Padroeira, o 12 de outubro.

O material, que é coletado manualmente por equipes volantes e veículos exclusivos, é destinado a empresas devidamente licenciadas para o recebimento desses materiais.
De acordo com a concessionária, é constante, a realização e apoio a campanhas de conscientização sobre a destinação correta de lixo, direcionadas aos usuários da via Dutra.

Confira outras notícias:

Clique aqui e confira as últimas notícias do Portal Quiririm News

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *