Uniforme de funcionário da Ford pendurado com os nomes dos filhos - Foto: Quiririm News

O Sindicato dos Metalúrgicos de Taubaté realizou nesta segunda-feira (18) uma nova assembleia com os trabalhadores da Ford para organizar ações de reivindicação pela manutenção dos empregos e da permanência da empresa no país. Logo pela manhã, os trabalhadores realizaram uma manifestação pacifica pendurando seus uniformes no alambrado da montadora, com o nome de todos os seus familiares.

“Queremos mostrar para sociedade a quantidade de famílias, de dependentes que cada funcionário tem. É uma forma de mostrarmos para a diretoria da Ford o impacto que eles estão causando na vida das pessoas”, afirma Alexandre Santos Geraldo, que trabalha no setor de qualidade da Ford Taubaté.

Trabalhadores penduram seus uniformes no alambrado da montadora – Foto: Quiririm News

Durante a assembleia realizada no estacionamento da montadora, o sindicato comunicou aos trabalhadores que uma reunião entre a categoria e dois representantes da Ford, em um hotel de Taubaté, teve início na manhã desta segunda. Essa foi a primeira reunião entre as partes desde o anúncio feito pela montadora, em 11 de janeiro.

A pauta principal desta reunião foi a manutenção dos 830 empregos na planta localizada no Vale do Paraíba e o calendário dos encontros e negociações que virão a seguir, bem como o início da mesa de negociação.

Próximas ações:

Durante essa semana, os trabalhadores aprovaram em assembleia, atividades como, uma reunião virtual deve com representantes do Ministério Público do Trabalho (MPT) e membros da categoria de Taubaté e Horizonte (CE). Na quarta-feira (20), uma audiência pública na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp) e na quinta-feira (21), a Central Única dos Trabalhadores (CUT) realiza, em todo o país, o Dia Nacional de Mobilização pelos Trabalhadores da Ford. Os protestos deverão ocorrer pela manhã em frente às concessionárias da empresa.

Além da agenda de ações da semana, os trabalhadores aprovaram a realização de uma audiência pública na Câmara dos Deputados em Brasília, prevista para a próxima terça-feira (26). Outra mobilização será uma carreata até Aparecida, ainda sem data definida.

Na sexta-feira está prevista uma nova assembleia para informar aos trabalhadores um resumo com os resultados das ações e reuniões realizadas pelo sindicato durante a semana.

A vigília dos trabalhadores nas portarias da Ford Taubaté continua. Desde o dia 12 de janeiro eles estão se revezando em turnos de seis horas nas duas entradas da fábrica. Nenhuma peça ou equipamento entra ou sai da montadora.

Confira outras notícias:
Clique aqui e confira as últimas notícias do Portal Quiririm News

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *