Agnolote de massa verde - Foto: Quiririm News

Você provavelmente está entre os brasileiros que adoram consumir uma bela massa italiana, já que o Brasil é o terceiro maior mercado de massas do mundo, ficando atrás apenas de Estados Unidos e da Itália. Mas o consumo de comidas mais saudáveis vem tomando a mesa de muitas pessoas. Produtos orgânicos, integrais e os sem glúten chamam a atenção na hora da escolha nos supermercados.

O faturamento anual para o setor ultrapassa os US$ 2,2 bilhões,de acordo com levantamento da Abimapi (Associação Brasileira das Indústrias de Biscoitos, Massas Alimentícias e Pães & Bolos Industrializados).

De olho no mercado alguns empresários de Quiririm já produzem esse tipo de massa alternativa que tem se destacado nas prateleiras.

“Os clientes não querem comer as massas sempre com o mesmo recheio. Então estamos sempre inovando e surgiu a ideia de produzir tipos diferentes de massas também”, conta Viviani Mancastropi, proprietária da fábrica Massas Quiririm.

30%  aumentou de 15% a 30%

Em sua fábrica a empresária produz diversos tipos de massas e a empresa acompanha o novo segmento para poder fornecer um leque maior de produtos. Atualmente é possível encontrar massa tradicional, massa verde, sem glúten e integral.

Sofioli com massa integral – Foto: Quiririm News

Mas você sabe qual a diferença nutricional de cada tipo de massa?

A nutricionista e professora do respectivo curso da Unitau (Universidade de Taubaté), Fabíola Nejar, explica que as massas sem glúten são aquelas que utilizam farinhas que não são de trigo, aveia, centeio ou cevada. Já as massas integrais, são aquelas elaboradas com farinhas que foram menos processadas, garantindo maior conteúdo de nutrientes e fibras.

Mas mesmo eu não tendo alergia à glúten é recomendado consumir alimentos deste tipo?

“ Se há a intenção de melhorar a qualidade dos alimentos consumidos e você não tem alergia à glúten, o ideal é optar pelas massas integrais, já que elas possuem maior valor nutritivo”, esclarece Fabíola.

Mas afinal, o que engorda mais, massa comum ou a integral?

Para quem se preocupa com as calorias, a diferença entre a massa tradicional e a integral não é tão grande. O segredo está no processo da digestão, onde o cereal integral ajuda a queimar o que tem de gordura. Além disso, as massas integrais são mais vantajosas para pessoas que consomem poucas fibras.

Em algumas fabricações, se misturam a farinha integral com a farinha branca de trigo, e acaba perdendo o valor nutricional integral. “Aqui nós temos a preocupação de não misturar os dois tipos de trigo porque senão acaba perdendo o valor nutricional”, explica a empresária, Mancastropi.

Além das massas integrais, verde e sem glúten, ainda é possível encontrar o nhoque de batata roxa, que é feito a partir de uma receita vegana.

Confira outras notícias:

Clique aqui e confira as últimas notícias do Portal Quiririm News

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *