Featured Video Play Icon

Nessa segunda feira (2), uma movimentação às margens do Rio Paraíba do Sul, chamou a atenção dos motoristas que passaram pela ponte na Rodovia Floriano Rodrigues Pinheiro (SP-123), região do Quiririm, Distrito de Taubaté-SP. Uma imensa nuvem de insetos sobrevoou o rio e despertou a curiosidade nas pessoas.

“Eu estava mostrando a passagem do rio para meu avô que gosta bastante de pescar e percebemos que tinha algo estranho sobre o leito do rio. Quando estava retornando para o Quiririm eu resolvi parar na via abaixo da ponte para observar melhor aquela nuvem. Foi ai que percebemos que eram insetos. Eu como nunca tinha visto um fenômeno desse tipo até questionei meu avô se já havia visto algo parecido, mas ele também não tinha visto”, conta Rafael Ribeiro, engenheiro de produção.

Rafael e o avô acharam tão interessante que fizeram uma foto – Foto: Acervo – Rafael Ribeiro

Rafael chegou a filmar e fotografar a movimentação dos insetos sem entender muito bem do que se tratava e enviou para nossa redação que apurou com o Biólogo quiririense, Mestre e Doutor em Ecologia e Comportamento Animal, Felipe Bittioli R. Gomes, Professor da Univ. Federal do Pará.

“É muito difícil ter certeza vendo assim, pelo vídeo de longe, mas tem grandes chances de serem Efêmeras. Esses bichos são chamados de Efêmeras justamente por ter um ciclo de vida quando adultos muito rápido. Eles vivem na água por muito tempo e vão subir, sair da água, chegar na vegetação, trocar de pele, ganhar asas e sair voando. Quando saem voando a meta é reproduzir, então eles vão ter uma vida adulta de mais ou menos 24 horas, explica Bittioli que ressalta, “É exclusivamente sair da água para reproduzir”.

Ainda de acordo com o biólogo, o fato de se juntarem em grandes grupos é um comportamento comum entre os insetos.

“Eles juntam grandes grupos para poder garantir que vão achar parceiros sexuais, tanto machos quanto fêmeas e também para achar locais bons para reprodução”, disse Felipe Bittioli.

Esse fenômeno da natureza, por muitas vezes pode ser um bom indicativo para o rio, já que esse tipo de inseto procura águas limpas para se reproduzir, entretanto, o biólogo detalha, “Efêmeras geralmente são indicativos de água limpa, de ambiente preservado, eles são inclusive indicativos de qualidade ambiental, mas a gente sabe que o Rio Paraíba não está lá grandes coisas. Neste caso não serve como indicativo, já que existem outras espécies e nem todas são exclusivamente de ambiente preservado, existe grandes chances dessa espécie aceitar um ambiente um pouco alterado.

Confira outras notícias:

Clique aqui e confira as últimas notícias do Portal Quiririm News

Um comentário para “Nuvem de insetos no Rio Paraíba chama a atenção de motoristas”

  1. André

    Moto na beira do rio… Aqui em casa tbm estava assim… Não sei se o mesmo nome… Mas aqui era siriri … Peguei até um pouco pra pescar. Mas estava assim muito. Ops moro na outra ponte que liga Tremembé

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *