Poste foi arrancado e ficou inclinado sobre a Avenida - Foto: Quiririm News

Um estrondo assustou alguns moradores da Av. Cel. Marcondes de Mattos com a rua Granadeiro Guimarães na noite desse sábado, 27, por volta das 19h30, em Quiririm. Um ônibus, ao tentar realizar uma curva, chocou-se contra um poste de iluminação pública, fazendo a energia elétrica oscilar e arrancando o poste do lugar.

De acordo com testemunhas, ninguém ficou ferido, mas havia no ônibus da ABC Trasportes além do motorista e cobrador, cerca de cinco passageiros. “Eles desceram, olharam, e foram embora. Eu liguei para a Bandeirante (EDP Bandeirante Energia) e eles disseram que estão mandando uma viatura. Foi um barulho muito alto, olha a nossa sorte, foi a centímetros da parede da minha casa, essa esquina é muita perigosa, não deveria passar ônibus aqui”, comenta Marcelo Escobar, morador vizinho do poste arrancado.


Foto: Quiririm News

Com a batida, o poste ficou totalmente inclinado – Foto: Quiririm News

Outro morador do Distrito disse ter ouvido o barulho do choque à metros do local, “Eu só escutei o barulho bem forte lá de dentro de casa (há cerca de 100 metros do local), aí eu saí na rua e vi o ônibus metade na calçada e metade na rua e o motorista dando ré”, disse Luca Proteger, estudando e morador do Quiririm.

Além da batida, os moradores reclamam de outras atividades cometidas pela ABC Transportes e também pela TCTAU (Transporte Coletivo de Taubaté) que, de acordo com eles, é irregular. “Quando o motorista está atrasado, ele vem daqui (Av. Cel Marcondes de Mattos) e aí já desce por aqui (Rua Granadeiro Guimarães) para ir para o centro de novo. Então provavelmente ele já estava atrasado, quando é assim ele corta a Fabrilar”, explica Luca.

Para os vizinhos do poste que recebeu a batida do ônibus, outro problema diário atrapalha, o uso da frente de sua casa como parada obrigatória de ônibus e vans indevidamente vem incomodando. “Ponto de parada aqui é normal, mas aqui não é ponto de ônibus, ontem eu acionei o Departamento de Trânsito, era 5h30 da manhã e as vans (TCTAU) param aqui em frente da minha casa e ficam com som alto, falando alto e limpando a van deles”, reclama Marcelo Escobar.

O poste encontra-se preso ao chão por ferros retorcidos e está inclinado para o lado da Av. Cel. Marcondes de Mattos. Até o fim dessa matéria a EDP Bandeirante ainda não tinha chego no local.

 

Durante a reportagem outro ônibus passou pelo local mostrando o risco da curva

Durante a reportagem outro ônibus passou pelo local mostrando o risco da curva em relação ao poste

 

Confira outras notícias:
Clique aqui e confira as últimas notícias do Portal Quiririm News

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.