Ponte do córrego do Santa Tereza - Foto ilustração - Douglas Castilho/Quiririm News

Ponte do córrego do Santa Tereza – Foto ilustração – Douglas Castilho/Quiririm News

O vereador Carlos Peixoto (PMDB), mostrou na sessão da Câmara de Taubaté, no dia 2, vídeo com depoimento de moradores do bairro Santa Tereza sobre o problema ocasionado pelo entupimento de uma boca de lobo na esquina das ruas Carmem Marina Dota e Vinte e Sete. 
 
Ele registrou que pediu a limpeza e manutenção ao Executivo por meio de ofício. A moradora Laís Helena alertou para o problema de dengue no bairro, agravado pelo acúmulo de água que se forma no local.Também moradora, Áurea Barboza lembrou que a população está lutando há quatro anos pela melhoria e relatou que ela e os quatro filhos já tiveram dengue e acrescentou que o córrego do bairro está sujo.A moradora Bruna Ribeiro afirmou que a rua está esburacada e a praça abandonada. “O bairro é esquecido e marginalizado por muitos, o que é um verdadeiro absurdo, só que são taubateanos que moram ali. Não adianta fazer propaganda de combate à dengue se na rua deixa verdadeiras crateras onde se tem o acúmulo de água. A responsabilidade é da Prefeitura, que não arruma. Fazer propaganda só, aí fica difícil.”Carlos lembrou que, desde que assumiu a Presidência, deixou claro que os projetos teriam ordem, “nada seria votado a toque de caixa, e projeto de Prefeitura não teria preferência em relação aos de vereadores, até porque o prefeito manda na Prefeitura, e não na Câmara”.O parlamentar contestou o uso da herança do governo passado como desculpa para problemas da administração municipal atual, “Até quando essa administração vai falar dos oito anos passados? Não deu tempo ainda? Vai completar dois anos de mandato, não deu tempo de fazer alguma coisa?”, disse Carlos Peixoto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *