Prefeitos do Vale do Paraíba e Litoral Norte - Foto: Divulgação / Codivap

Anunciado nessa sexta-feira 24 de julho pelo governador João Doria na capital, a permanência da região do Vale do Paraíba e Litoral norte na fase 2, a fase laranja do Plano São Paulo deve não acontecer, já que os prefeitos que compõem o CODIVAP (Consórcio de Desenvolvimento Integrado do Vale do Paraíba, Serra da Mantiqueira e Litoral Norte), anunciaram que vão decretar o avanço das cidades para a fase 3, a amarela, aumentando a flexibilização do comércio e indo em desencontro com a decisão do Estado.

Na fase amarela do Plano SP, além dos comércios que já estão em funcionamento, podem reabrir os restaurantes, bares, salões de beleza, academias de esporte de todas as modalidades e centros de ginástica.

O Codivap  baseia o avanço da região em um problema técnico do sistema do governo do Estado de SP, responsável pela notificação errônea de casos na região.

O erro mencionado teria iniciado na data de 10 de julho, quando os municípios enfrentaram dificuldades para registrar no sistema os novos casos, com isso os casos teriam se acumulado e foram liberados somente nesta semana, dando um aumento substancial dos novos registros que foram divulgados.

O Codivap alega que ao menos 1.131 casos registrados foram em excesso, o que distorce a realidade do cenário real da COVID-19 apresentada pelo governo do Estado.

Taubaté:

O prefeito de Taubaté Ortiz Junior (PSDB) também esteve na reunião e salientou, “Tecnicamente os números colocam a região do Vale do paraíba na fase amarela, é isso e só isso. É uma constatação fática de números que nos colocam em uma fase amarela, em razão de uma correção de equívoco dos números que o Estado usa para nos classificar”.

Ortiz Junior falou ainda que vão comunicar formalmente o governo do Estado para que seja feita a correção e classificou, “O erro é muito grotesco e realmente salta aos olhos. Não é possível que em dois dias nós temos 1.300 casos. Isso não existe em nenhum lugar”, disse o prefeito de Taubaté.

Cada cidade deve agir na data que melhor avaliar para publicar o novo decreto, em Taubaté o prefeito anunciou o novo decreto já para esse sábado, 25 de julho. Porém por volta das 18h dessa sexta-feira o prefeito já divulgou a imprensa o decreto e alguns detalhes de recomendação para a reabertura.

“Vai ser idêntico ao decreto de São José dos Campos, no sentido que estamos na fase amarela, preparando para a segunda-feira (27/07) a reabertura conforme os protocolos de segurança sanitárias que serão adotados”, afirma Ortiz.

Antes de terminar a sua fala o prefeito taubateano fez recomendações aos munícipes.

“Enfatizamos ainda a recomendação de que as pessoas que não precisam sair fiquem em casa. Os idosos principalmente, fiquem em casa. Em Taubaté 95% dos óbitos são de pessoas idosas com comorbidades. Os idosos são o nosso público alvo de proteção”, conclui.

No comunicado enviado ao portal Quiririm News ,  a Prefeitura de Taubaté decreta neste sexta-feira, dia 24 de julho, o ingresso do município na fase amarela do Plano São Paulo com a retomada gradual das atividades econômicas. O decreto pode ser visualizado na íntegra pela a internet (clique aqui para ver).

De acordo com o documento, a retomada tem início a partir da próxima quarta-feira, dia 29 de julho. Este prazo é necessário para que ocorram as articulações com todos os segmentos envolvidos e haja tempo hábil para a preparação dos protocolos que regulamentarão as atividades nessa nova fase.

A reunião contou com os prefeitos de Taubaté, São José dos Campos, Jacareí, Paraibuna e Ubatuba, além dos prefeitos de Bananal, São José do Barreiro, Guaratinguetá, Caçapava e Igaratá que participaram por vídeo.

Assista ao comunicado do avanço para a fase amarela feito pelo CODIVAP:

*atualizado às 18h35 – 24/07/2020.

Confira outras notícias:

Clique aqui e confira as últimas notícias do Portal Quiririm News

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *