Escrito em por & arquivado em POLÍTICA, Slider.

A Câmara de Taubaté aprovou em duas votações no dia 18, o Projeto de Lei nº 116/2015, de autoria do vereador Douglas Carbonne (PCdoB), que proíbe a produção e a comercialização de foie gras e artigos de vestuário feitos com pele de animal no município.

foie gras é a palavra francesa que significa fígado gordo e é considerado uma iguaria servido em forma de patê . Seu processo de fabricação é fundamentado na alimentação forçada de patos e gansos nas três semanas anteriores ao abate.

O projeto estende a proibição à comercialização de artigos de vestuário, ainda que importados, confeccionados com couro animal criado exclusivamente para a extração da pele, e estipula multa de R$ 3,6 mil para infratores.

O projeto recebeu a emenda do vereador Rodson Lima Bobi (PV) que acrescenta à lista de proibições a utilização de técnicas que envolvam alimentação forçada em animais.

A propositura segue para sanção do prefeito Ortiz Junior para, se aprovada pelo executivo, entrar em vigor.

Confira outras notícias:
Clique aqui e confira as últimas notícias do Portal Quiririm News

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *