Câmara de Taubaté - Foto: Câmara Municipal de Taubaté

A audiência pública que iria debater o plano de carreira dos servidores municipais, programada para acontecer quarta-feira, 9, às 19h, foi suspensa.

Em ofício enviado à Câmara, o prefeito Ortiz Junior pediu o adiamento da discussão para “data oportuna”, tendo em vista diversas indagações feitas pelo Sindicado dos Trabalhadores do Serviço Público de Taubaté.

O ofício enviado pelo Sindicato à Prefeitura data de 7 de maio. Nele, a presidente da entidade, Mara Marques Quintanilha Monteiro, apresenta dúvidas em relação aos anexos, questiona a existência de regras de transição para os funcionários que já ocupam função de confiança, a diferença de referência salarial para funções semelhantes, a supressão do adicional de nível universitário, progressão por mérito e anuênio e mudanças nos decretos do subsídio do plano de saúde e cesta básica.

Ainda de acordo com o documento enviado pelo Sindicato, faltou ser criada a Comissão de Avaliação de Desempenho e o projeto de lei que restringe a promoção à condição de disponibilidade financeira da Prefeitura. A presidente questiona, por fim, a suspensão do pagamento da licença-prêmio e a extinção da sexta parte.

Confira outras notícias:

Clique aqui e confira as últimas notícias do Portal Quiririm News

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *