Brasil e Chile: Morador de Quiririm se divide na hora de torcer

Torcedor gostaria de um empate e se diz satisfeito com a vitória de qualquer uma das duas seleções

Julio Cesar Vivanco Fernandez, conhecido como chileno, se divide entre Chile e Brasil - Foto: Douglas Castilho/Quiririm News

No primeiro jogo decisivo do mata-mata da Copa do Mundo no Brasil, a seleção brasileira enfrenta neste sábado (28), a seleção do Chile. Quiririm, conhecido por sua colônia italiana ficou um pouco mais triste com a eliminação da “azurra”, porém, um torcedor chileno de nascença, vive a sensação dos descendentes italianos que também se dividem na hora de torcer por suas seleções ou pelo o país que lhe acolheu.

Pé quente: Família de Quiririm participa da abertura da Copa

Apaixonado por futebol, o jornalista Moacir dos Santos garantiu seu lugar na abertura e pôde ver de perto os gols de Neymar e Oscar

Moacir dos Santos e sua família na abertura da Copa do Mundo 2014 - Foto: Acervo pessoal Moacir dos Santos

Apesar dos milhares de lugares disponíveis a venda, a abertura da Copa do Mundo na Arena Corinthians em Itaquera-SP, com o jogo entre Brasil e Croácia, não foi tão simples de se conseguir um lugar para acompanhar a partida.

Moradores comemoram a primeira vitória do Brasil na Copa

Casas, bares, praça e ruas se tornaram extensão das arquibancadas da torcida brasileira

Eliete e amigos durante a copa de 2010 - Foto: Acervo pessoal Eliete Coelho

Na última quinta-feira (12), rojões, música, churrasco, cerveja e muitos gritos de gol marcaram o primeiro dia de copa do mundo em Quiririm. Os moradores vestiram a camisa da seleção canarinho e foram as ruas, bares, praça e casas de amigos para assistir a estreia vitoriosa do Brasil em cima da Croácia pelo placar de 3 a 1.

Quiririm pode receber turistas durante a Copa do Mundo

Guia lançado pela Secretaria Estadual de Turismo indica roteiros que passam por Quiririm

Foto divulgação: http://www.copa2014.sp.gov.br

Com o início da Copa do Mundo no próximo dia 12 de junho, quinta-feira, o Brasil vive novamente a experiência de sediar um evento de magnitude global. Com isso, cidades turísticas se prepararam para receber brasileiros e estrangeiros que possam visitar diversas regiões pelo país.