Dois pacientes morrem e sobe para cinco o número de mortes suspeitas por COVID-19 em Taubaté

Ao todo 155 casos suspeitos são investigados na cidade e uma morte confirmada

Imagem ilustrativa

Está sendo investigada pela Vigilância Epidemiológica de Taubaté mais duas mortes suspeitas por coronavírus de pacientes moradores do município. Os óbitos ocorreram na última sexta-feira, dia 3 de abril e somando esses novos casos suspeitos, a cidade chega a cinco mortes suspeitas por coronavírus em investigação.

Sobe para três o número de casos positivos por coronavírus em Taubaté

Em dois deles os pacientes não estiveram no exterior e nem em contato com suspeitos

Imagem ilustrativa

A Vigilância Epidemiológica de Taubaté confirma mais dois casos positivos de coronavírus no município. Os dois pacientes são moradores de Taubaté, não viajaram para o exterior e também não relataram contato com outras pessoas suspeitas. Com esses novos casos Taubaté registra no total três casos positivos, uma morte confirmada e três suspeitas pelo vírus.

COVID-19: Prefeito declara estado de calamidade pública em Taubaté

Três mortes suspeitas por coronavírus são investigadas na cidade

Imagem ilustrativa

A Prefeitura de Taubaté publicou esta semana o decreto 14.699, que declara estado de calamidade pública no município em decorrência da pandemia globlal do novo coronavírus. A edição desta publicação ocorreu 14 dias após o decreto 14.689, que havia declarado situação de emergência no âmbito da saúde pública.
Com isto, a prefeitura dispõe de novos mecanismos para viabilizar e agilizar a obtenção de recursos junto aos governos estadual e federal.
Taubaté investiga três mortes suspeitas por coronavírus. A morte suspeita mais recente é de um paciente do sexo masculino, de 73 anos, residente em Campos do Jordão. Ele tinha histórico de comorbidades (hipertensão), estava internado no Hospital Regional do Vale do Paraíba e morreu nesta quarta-feira, dia 1º de abril. Outras duas mortes suspeitas seguem em investigação.
Balanço atualizado da Vigilância Epidemiológica de Taubaté indica 168 casos suspeitos de coronavírus em análise. São 21 pacientes internados em hospitais. Outros 41 exames foram descartados. Existe um caso confirmado da doença para uma moradora de Taubaté e uma morte confirmada de um paciente morador de São Paulo que estava internado em um hospital de Taubaté.

Aumenta número de pacientes internados com suspeita de coronavírus em Taubaté

Cidade tem 163 casos suspeitos no total e uma morte confirmada

Imagem ilustrativa

A Vigilância Epidemiológica de Taubaté informou na tarde dessa segunda-feira (30), que subiu de 12 para 19 o número de pacientes internados em hospitais do município com suspeita de coronavírus. A maioria dos pacientes é de idosos e está em condição estável.
Até o momento, a cidade contabiliza 163 casos suspeitos de coronavírus. Todos eles estão em isolamento social em suas residências, outros 33 casos foram descartados. Taubaté registra uma morte confirmada e dois óbitos suspeitos.

Morre primeira vítima por coronavírus em Taubaté

A vítima de 67 anos morava em São Paulo e visitava a família em Taubaté

A Vigilância Epidemiológica de Taubaté confirmou na manhã dessa quinta-feira (26), a primeira morte por coronavírus na cidade. A vítima era um homem de 67 anos, morador de São Paulo, que estava internado no HMUT (Hospital Municipal Universitário de Taubaté) com um quadro confirmado de COVID-19.
De acordo com a Vigilância Epidemiológica, o paciente apresentou piora relevante de seu estado clínico e foi a óbito às 00h40 desta quinta-feira, dia 26 de março.
Segundo a prefeitura, o caso é considerado importado, já que a vítima morava em São Paulo e veio a Taubaté para visitar a família.
O último balanço da Vigilância Epidemiológica de Taubaté aponta, que até o momento foram coletados 173 exames para investigação do coronavírus no município, dos quais 18 deram negativo e 154 estão em análise como caso suspeito, desse total, 7 pacientes seguem internados em hospitais de Taubaté e 1 caso é positivo.

Governador João Doria determina quarentena em todo o Estado de São Paulo

Medida passa a valer a partir da próxima terça-feira (24)

Gov. João Dória durante anúncio de combate ao COVID-19 - Foto: Divulgação/Governo do Estado de São Paulo

Em pronunciamento ao vivo pela internet, na manhã desse sábado (21), o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), determinou a quarentena para todos os serviços não essenciais em todo território do Estado de São Paulo a partir da próxima terça-feira (24) por causa do coronavírus. A medida foi tomada para evitar a disseminação do coronavírus, que já matou 9 pessoas em São Paulo. A medida tem validade de 15 dias e pode ser prorrogada.