Trabalhadores da Ford retornam ao trabalho e greve se encerra

Decisão foi tomada após assembleia com metalúrgicos na tarde dessa quinta-feira, (6)

Trabalhadores da Ford em Assembleia com o SindMetau - Foto: Sindicato dos Metalúrgicos de Taubaté

Após três dias de greve, reivindicando alteração na escala de trabalho, os funcionários da Ford de Taubaté retomaram as atividades nesta tarde de 6 de julho. A decisão foi tomada em uma assembleia explicativa e deliberativa, com os metalúrgicos da empresa que optaram pelo retorno, após a proposta do Tribunal Regional de Trabalho de Campinas (TRT) – SP que pede o retorno da maioria dos metalúrgicos ao trabalho em jornada de segunda a sexta-feira, sem descontar dos funcionários os dias de greve.

Contra a reforma da previdência trabalhadores cruzam os braços na Ford em Taubaté

Ação foi tomada após Presidente Michel Temer sancionar a lei de terceirização

Trabalhadores da Ford durante paralisação - Foto: Divulgação Sindicato dos Metalúrgicos de Taubaté

Aproximadamente 1.500 metalúrgicos da Ford de Taubaté paralisam na manhã de 3 de abril, as operações na fábrica de automóveis. A manifestação é contra a aprovação do projeto de terceirização, reformas trabalhistas e da previdência do governo Michel Temer.