Consórcio que administra o SAMU confirma exclusão de Pindamonhangaba

Exclusão é motivada por atraso no pagamento de repasses mensais desde novembro/16

O Cisamu (Consórcio Intermunicipal do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) do Vale do Paraíba e Região Serrana, que administra o SAMU, em assembleia extraordinária realizada nesta terça-feira (7), decidiram pela exclusão de Pindamonhangaba por falta de pagamento de repasses mensais acumulados desde novembro de 2016.

No terceiro mês de operação, SAMU registra mais de 4.100 trotes telefônicos

Trotes partem de orelhões e muitas vezes de telefones residenciais realizados por crianças

Um levantamento do Cisamu (Consórcio Intermunicipal do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) do Vale do Paraíba e Região Serrana, após os três primeiros meses de operação do SAMU, recém inaugurado em Quiririm – Taubaté-SP, contabilizou uma média superior a 45 trotes telefônicos diários para o serviço.