Trotes direcionados ao SAMU apresentam queda após lei que aplica multa

A multa é de R$ 919,00 para quem passar trotes ao SAMU, Polícia Militar e Corpo de Bombeiros

Em 12 de julho, a Prefeitura Municipal de Taubaté sancionou a Lei nº 5299/2017 de autoria do Vereador Guará Filho (PR) que instituiu aplicação de multas no valor de R$ 919 para os proprietários de linhas telefônicas de cujos aparelhos sejam originados trotes direcionados ao SAMU (Serviço de Assistência Médica de Urgências), Policia Militar e Corpo de Bombeiros.

No terceiro mês de operação, SAMU registra mais de 4.100 trotes telefônicos

Trotes partem de orelhões e muitas vezes de telefones residenciais realizados por crianças

Um levantamento do Cisamu (Consórcio Intermunicipal do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) do Vale do Paraíba e Região Serrana, após os três primeiros meses de operação do SAMU, recém inaugurado em Quiririm – Taubaté-SP, contabilizou uma média superior a 45 trotes telefônicos diários para o serviço.