Cínara Piccolo/Photo&Grafia

O Taubaté conquistou o tricampeonato do Pan-Americano Masculino de Clubes de Handebol neste domingo (24), ao vencer o EC Pinheiros (BRA). O placar terminou 26 a 20 (14 a 10 no primeiro tempo), no ginásio da Emecal, em Taubaté (SP). Além do título de campeão continental, o time paulista carimbou mais uma vez o passaporte para a disputa do Super Globe, o Mundial de Clubes Masculino, no Qatar.

O terceiro lugar do campeonato ficou com os argentinos do River Plate, que também hoje passaram pelo Luterano (CHL), quinto colocado, por 35 a 27 (17 a 16). A quarta posição ficou com o Villa Ballester (ARG).


Esta não foi nem a primeira e, certamente, não será a última vez que Taubaté e Pinheiros se enfrentam em uma final. Duas equipes bastante técnicas, que dependiam de detalhes para vencer a partida. Como sempre, o jogo mostrou equilíbrio, mas Taubaté soube aproveitar melhor as oportunidades para ficar com o título dentro de casa.

“Fizemos uma boa preparação”, destacou o técnico da equipe campeã, Marcus ‘Tatá’. “No primeiro tempo, abrimos uma boa vantagem. No segundo, conseguimos equilibrar as ações defensivas. Garantimos um placar confortável faltando dez minutos para o final e conseguimos segurar”, descreveu.

O treinador enfatiza que não é fácil jogar dentro de casa, diante de um ginásio completamente lotado. “A pressão era muito grande. Jogar em casa é complicadíssimo, ainda mais tendo a responsabilidade de defender o título. O Pinheiros foi muito bem também. Fez uma boa partida e conseguiu segurar o jogo, os meninos estão de parabéns, mas Taubaté hoje é tricampeão e a melhor equipe das Américas. Vamos trabalhar duro para esse resto de temporada e para representar bem o Brasil e as Américas no Mundial do Qatar”, finalizou.

 

Confira outras notícias:
Clique aqui e confira as últimas notícias do Portal Quiririm News

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.