Esperada não só pelas crianças mas também por adultos e idosos, a passagem de Santa Lucia personificada em sua charretinha com seu cavalinho encanta todo os anos os moradores de Quiririm. A data escolhida para este ano foi a desse domingo (16), um dia após o Distrito receber a relíquia da santa, um fragmento de sua pele que adentrou Quiririm com procissão, banda e em seguida missa celebrada em italiano pelo Pe. Valter.

Leia também:
Quiririm recebe relíquia de Santa Lucia com banda, coral e missa em italiano

Ambos os eventos foram organizados pela Associação Cultural Quiririm e a Società 30 di Aprile, organizações sem fins lucrativos que visam manter as tradições italianas trazidos pelos imigrantes.

Durante a passagem da relíquia, casas foram enfeitadas com flâmulas em homenagem a santa, altares foram montados nas portas das casas e a procissão contou com moradores vestidos com trajes típico italiano.

Pe. Valter segura a relíquia de Santa Lucia – Foto: Acervo Dheminho Canavezi

Pelo segundo ano consecutivo a psicóloga Maria Clara Borges,moradora de Quiririm, se veste com as roupas da santa e sai pelas ruas de Quiririm trocando capim para seu cavalinho por doces para as crianças.

“Personificar a santa é uma emoção muito grande, representa a continuidade da nossa tradição aqui em Quiririm. Antes, eu era a criança que esperava a Santa Lucia passar no cavalo para dar o capim e pegar os doces e tirar foto. Hoje, eu sou a Santa e sei que as crianças estão esperando pelo dia, como eu esperava e certamente lembrarão disso no futuro. Então, eu espero que esse costume nosso nunca deixe de existir. É realmente muito gratificante poder contribuir com a felicidade das pessoas que eu gosto”, conta Maria Clara.

Muitas famílias participam do momento de fé e tradição, Giovana Valério é moradora de Quiririm e aproveitou da passagem da santa para registrar o momento em foto com a família.

“Estava bonito e animado, as famílias esperam com carinho a passagem dela. Os idosos voltam a ser crianças também. A charrete estava linda e as crianças a seguiam durante o trajeto com admiração. Uma mistura de tradição e fé”, disse Giovana.

Giovana Valério aproveitou para registrar em foto a passagem – Foto: Acervo Giovana Valério

Há mais de 20 anos que a Santa Lucia e seu cavalinho alegra os quiririenses, tradição essa que teve início com Telma Magalhães e Dheminho Canavezi. Os preparativos começam dias antes, com a arrecadação do dinheiro para a compra dos doces, que são distribuídos gratuitamente, a confecção do manto da Santa e os enfeites de sua charrete.

Confira outras notícias:

Clique aqui e confira as últimas notícias do Portal Quiririm News

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *