Uma vez ao ano a rua Líbero Valério em Quiririm se transforma em ponto de encontro de inúmeras crianças em busca dos famosos doces de São Cosme e Damião. Há 40 anos a moradora Tânia mantém a tradição e distribui sacolinhas com diversos tipos de doces.

O dia dos santos gêmeos, São Cosme e Damião é originalmente comemorado no dia 27 de setembro. De origem católica, os santos protetores das crianças, dos gêmeos, dos médicos e também dos farmacêuticos, são lembrados na história por serem médicos que passaram a vida toda ajudando as pessoas pobres sem cobrar nada e que ao fim das consultas doavam doces aos pacientes, para diminuir a tristezas deles.

Mãe Tânia entrega doces de São Cosme e Damião há mais de 40 anos – Foto: Quiririm News

 

“Para mim é gratificante, eu faço isso desde 1977. No começo foi por uma promessa, depois me tornei umbandista e ai eu segui a tradição dentro da umbanda pela fé, pela caridade e por compartilhar. Para mim é gratificante ver essa criançada feliz”, conta Mãe Tânia, que para esse ano preparou mais de 300 saquinhos com diversos doces.

Com o passar do tempo a tradição parece diminuir, é o que acredita Gabriele Caroline, moradora do Cecap que desde criança pega os doces de Cosme e Damião e agora, mãe de três filhos, os acompanha atrás das guloseimas.

“Todo ano, desde criança, eu pego os doces. Quando eu era criança eu pegava de duas à três mochilas, hoje é uma mochila e olhe lá. Eu fui crescendo e fui trazendo os meus pequenos. A gente vai passando de casa em casa e perguntando se tem, mas tem casas como essa aqui que a gente sabe que tem todos os anos, aqui eu venho há muitos anos, já”, conta Gabriele.

 

Confira outras notícias:

Clique aqui e confira as últimas notícias do Portal Quiririm News

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *