Os vereadores de Taubaté fizeram um apelo à administração municipal para que a iluminação pública seja estendida à zona rural, em especial nos pontos de ônibus, núcleos urbanos e entradas de residências, ao aprovarem, no dia 25, o requerimento do vereador José de Angelis “Bilili” (PSDB), tratando do assunto.

No documento, Bilili pediu braço de iluminação pública onde já existe poste da EDP Bandeirante nas estradas de propriedades rurais. Ele explicou que milhares de contribuintes vivem sem luz na zona rural, o que tem preocupado órgãos de segurança.  Na tribuna, o vereador reconheceu a dificuldade de se instalar postes ao longo de todas as estradas rurais, mas, para ele, o custo não deve ser elevado, pois são poucos os pontos.

Rodrigo Luis Silva “Digão” (PSDB), avaliou que o requerimento é apropriado, pois existem muitos núcleos rurais em Taubaté que dependem dessa iluminação, como, por exemplo, o Pinheirinho em Quiririm, incluindo a Vila Caetano e o bairro João Mineiro.

A vereadora Maria Gorete Toledo (DEM), citou que realizou um abaixo-assinado no bairro Caieiras, com 230 assinaturas, pedindo iluminação no bairro. “Foi-se o tempo em que os jovens não estudavam ou vinham morar com um parente na cidade para estudar. Hoje não, muitos se deslocam, alguns de motos, por essas estradas escuras e acabam se expondo.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *