Featured Video Play Icon

Três homens invadiram e furtaram uma casa na rua José Magalhães Bastos, no Quiririm, na noite da última sexta-feira 27 de dezembro por volta das 20h. Durante a ação os criminosos furtaram três televisores da residência e fugiram.

A casa equipada com alarme e cerca elétrica não foi o suficiente para impedir a ação dos bandidos, que tiraram o portão da garagem do lugar, arrombaram portas e janelas e realizaram o furto. No momento do crime os moradores não estavam na casa, eles haviam viajado e ficaram sabendo da ocorrência pela internet.

Televisores foram subtraídos da residência – Foto: Enviada pelo leitor

 

 

“Me dá muita raiva de saber que entraram na minha casa. Disseram que reviraram todo o meu armário, só chegando que vou ver o total dos estragos materiais”, disse a vítima que não será identificada afim de preservar sua segurança e que ressalta, “Já estamos voltando de viagem, não tenho mais cabeça para ficar por aqui”.

Os vizinhos não viram a ação dos bandidos, que só foi percebida após o furto. Ainda de acordo com os vizinhos, a Polícia Militar foi acionada, mas demorou para chegar no local.

“Apuramos junto as câmeras das residências próximas, um carro do modelo “Fiat Tipo” com três indivíduos, eles viram uma certa vulnerabilidade no portão e adentraram ao local. É interessante abordar que as vezes nós pensamos que nossa casa está protegida, e na verdade um detalhezinho é a brecha para o ladrão. Foi esse detalhe no portão que ajudou na ação dos criminosos, que tiraram o portão do trilho e permitiu a passagem de uma pessoa e o alarme que acabou não funcionando”, explica o Capitão PM Souza, que atendeu a ocorrência.

Imagem mostra portão retirado dos trilhos pelos criminosos – Foto: Enviada pelo leitor

 

O Capitão da Polícia Militar, que implementou o projeto Vizinhança Solidária também no Quiririm destaca, “É interessante abordar que a Polícia Militar tem feito um esforço imenso para fazer a parte dela dentro de suas limitações. O recurso é limitado, então até mesmo no projeto Vizinhança Solidária, é importante que as pessoas entendam que cada vez mais compete ao Estado a maior parte da responsabilidade na segurança, mas nós como cidadãos também temos que fazer a nossa parte. Precisa haver um somatório de esforços entre Polícia e Comunidade.

A Polícia Militar registrou o Boletim de Ocorrência e a Polícia Civil deve investigar os fatos.

Confira outras notícias:

Clique aqui e confira as últimas notícias do Portal Quiririm News

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *