Escrito em por & arquivado em NOTÍCIAS, Slider.

A Vigilância Epidemiológica de Taubaté divulgou nesta segunda-feira (18), o resultado do exame que descarta a meningite como causa da morte de uma menina de 5 anos, ocorrida em 6 de agosto no Distrito de Quiririm. O falecimento causou comoção entre os moradores.

Em nota, a Vigilância Epidemiológica informa que as “Amostras colhidas para exames no Instituto Adolfo Lutz indicaram um quadro de meningoencefalite virótica”, e confirma que, “Não foi possível identificar o vírus causador da meningoencefalite”.

Diferente da meningite, que é uma inflamação da membrana que envolve o cérebro (meninge), a meningoencefalite é uma inflamação de toda a massa cerebral. Antes dos exames, os médicos suspeitavam de meningite ou dengue.

Ainda através de nota, a Vigilância Epidemiológica de Taubaté reforça a adoção de comportamentos preventivos como, “manter ambientes limpos e arejados, garantir a circulação do ar, manter o corpo hidratado e procurar um médico sempre que necessário. A vigilância afirma que não há risco iminente para a comunidade”.

Confira outras notícias:
Clique aqui e confira as últimas notícias do Portal Quiririm News

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *