Manifestantes na Praça Santa Terezinha no dia 15/03 - Foto: Douglas Castilho/Quiririm News

Programada para acontecer nesse domingo (12) em todo o Brasil, a manifestação contra o governo Dilma, organizada em Taubaté pelo movimento “Vem pra rua – Caras pintadas”, foi cancelada na cidade.

O líder do movimento em Taubaté, o estudante Matheus Silveira, confirmou que uma série de fatores levaram ao cancelamento do manifesto, mas o principal motivo é a não comunicação aos órgãos competentes da cidade que garantiriam uma passeata segura.


“Eu não estarei em Taubaté no dia 12/04, pois estarei em treinamento pela minha empresa em São Paulo. Coloquei outras pessoas para lideraram aqui na cidade; entretanto não souberam planejar o movimento e informar os órgãos competentes como: Polícia Militar, Departamento de trânsito e a secretaria da saúde”, explica Matheus.

Mateus

Matheus Silveira, líder do movimento “Vem pra rua – Caras pintadas” – Foto: Douglas Castilho/Quiririm News

Segundo o estudante, o cancelamento do evento foi a melhor saída, “Para não haver irregularidades no movimento, optei por cancelar o evento para a segurança de todos”, disse.

Apesar de não estar presente em Taubaté, Matheus afirma que continua a frente do movimento e que vai participar dos protestos que estão previstos para acontecer na Avenida Paulista, na capital, junto do movimento “Brasil Livre”.

Sobre aqueles que moram em Taubaté, e que ainda assim pretendem ir para as ruas, o líder dos Caras pintadas aconselha, “Indico aos taubateanos a saírem nas ruas junto com a população do município de São José dos Campos. O Fabiano, líder do movimento em São José, planejou o movimento dentro das normas para que todos tenham segurança”, conclui.

De acordo com a Polícia Militar, o policiamento nas ruas durante o domingo (12), será reforçado conforme o planejamento, visando ações de outros movimentos.

Última manifestação:

Em sua primeira manifestação em Taubaté, o movimento “Vem pra rua – Caras pintadas”, conseguiu reunir de acordo com a Polícia Militar aproximadamente 1500 pessoas, já para os organizadores o último protesto levou as ruas cerca de 9 mil pessoas.

O protesto que aconteceu no dia 15/03, teve como trajeto a saída de frente ao 5º Batalhão da Polícia Militar que fica no bairro Independência até  a Praça Santa Terezinha no centro, onde o evento terminou.

Leia também:

Confira outras notícias:
Clique aqui e confira as últimas notícias do Portal Quiririm News

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.