Radares foram instalados no bairro Novo Horizonte - Foto: Douglas Castilho - Quiririm News

Os radares em Taubaté começarão a funcionar de modo experimental no próximo domingo, dia 15, por 30 dias, e só passarão a multar os infratores a partir do dia 15 de julho.

Com o objetivo de dar mais segurança a população, o sistema de fiscalização eletrônica começa a operar para que, coibindo as infrações, os índices de acidentes sejam reduzidos na cidade. Em todo ano de 2013, foram totalizadas 29 mortes e 151 acidentes no trânsito de Taubaté.


Durante esse período de um mês, até o dia 15 de julho, os motoristas já devem começar a respeitar os limites de velocidade, pois o sistema já estará operando em caráter educativo.

A definição das velocidades foi determinada conforme a classificação do sistema viário e as diretrizes básicas para regulamentação da velocidade máxima permitida em vias urbanas, conforme Manual Brasileiro de Sinalização de Trânsito do CONTRAN.

Também foram determinados limites através dos seguintes argumentos, e conforme o parágrafo 2º do artigo 61 do Código de Trânsito Brasileiro:

  • A velocidade a qual trafegam 85% dos veículos;
  • De acordo com a necessidade de redução em determinados trechos, tais como escolas, corpo de bombeiros, travessias de pedestres, índices de acidentes;
  • Os fatores operacionais da via, tais como transposições de faixas, conversões, retornos, uso e ocupação do solo, composições do tráfego, etc.;
  • Os fatores físicos, tais como tipo e estado do pavimento, atrito lateral, existência e condições de calçadas, curvas verticais e horizontais, etc.;

Porém, para o presidente da câmara municipal de Taubaté, Carlos Peixoto, os índices de velocidades devem ser revistos.

Leia mais:

Carlos Peixoto pede coerência no limite de velocidade das vias expressas

Câmeras do COI e lombadas eletrônicas são instaladas em Quiririm, Bonfim e Novo Horizonte

Confira outras notícias:
Clique aqui e confira as últimas notícias do Portal Quiririm News

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.