Foto: Quiririm News

Um Projeto de lei de iniciativa do vereador Carlos Peixoto (PMDB), proíbe o uso de radares móveis para a fiscalização de velocidade em Taubaté. A proposta foi aprovada pelo plenário em duas votações durante sessão extraordinária do último dia 30.

Foto:

Vr. Carlos Peixoto – Foto: Divulgação CMT


“Não vemos os radares móveis como medida educativa. Ao contrário, tira do cidadão o direito de defesa, pois não tem como provar que não estava no local onde teria sido multado”, justificou Carlos Peixoto.

Dados concedidos pela Prefeitura demonstram que em julho de 2014 foram aplicadas 2.070 multas. Em agosto, 5.142, em setembro 4.439, e em outubro 6.890. O total é de 18.541 multas aplicadas nos quatro primeiros meses de fiscalização eletrônica, média de 152 a cada 24h.

O projeto foi aprovado e agora é encaminhado para a sanção do Prefeito Ortiz Júnior (PSDB). Toda a verba arrecadada com as multas são destinadas para melhorias no sistema viário, educação no trânsito e sinalizações.

Leia mais:

Secretária de Mobilidade Urbana nega “Fábrica de Multas”

Radar móvel é “pegadinha e fábrica de multas” segundo vereador

Taubaté inicia novo programa de consulta de multas online

 

Confira outras notícias:
Clique aqui e confira as últimas notícias do Portal Quiririm News

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.