O vereador Rodrigo Luis Silva “Digão” (PSDB), divulgou a conquista de emenda parlamentar junto ao deputado federal Emanuel Fernandes no valor de R$ 500 mil que serão destinados à saúde. Segundo o vereador, a administração municipal está elaborando projeto com urgência para captação deste recurso.

Digão destacou obras que estão sendo realizadas pelo Governo do Estado no Hospital Universitário. “Quando a gente falava da questão do HU, muitas vezes fomos tachados por pessoas que falavam que o Governo não estava fazendo a parte dele, e hoje todo mundo que passa pela unidade vê o telhado inteiro em manutenção, está sendo todinho trocado.”

O parlamentar afirmou que suas críticas ao governo são fundamentadas em documentos e registrou que, quando há ação, ele reconhece. “Tenho que parabenizar o governador que está cumprindo com sua obrigação, com o investimento feito no HU, como está fazendo também com a ampliação do 8º andar do Hospital Regional. Criticamos, cobramos, mas temos que fazer justiça.”

Digão apontou iniciativas que ainda não foram realizadas, como a instalação do Cento de Reabilitação Lucy Montoro e do AME (Ambulatório Médico de Especialidades). O vereador relatou que o prefeito irá se reunir com o deputado estadual Fernando Capez para tratar da assinatura do convênio para a instalação das unidades.

“A Secretaria de Saúde do Estado de São Paulo concedeu o dinheiro para Taubaté, só está faltando a formalização e assinatura do convênio. Vai ser atrás da Casa de Custódia, terreno que conseguimos junto à Corevali (Coordenadoria do Vale do Paraíba e Litoral), à Secretaria de Administração Penitenciária, ao  vereador Bilili de Angelis (PSDB) e ao deputado Fernando Capez, que deu essa força para gente junto à Secretaria.”

Retaliação

Digão questionou se teria sido retaliação o cancelamento, por parte da Prefeitura, da disponibilização de uma van para atletas do caratê de Taubaté participarem de uma competição em São Paulo, dia 14.

“São crianças carentes com quem dois mestres de caratê fazem um trabalho fantástico. Estava tudo certo a van, e hoje (11) pela manhã recebi uma ligação informando que a van vai ser usada para outra finalidade. Não dá para admitir, será que foi por causa da votação de ontem, que fui contra a criação dos cargos? Espero que não, espero que esse tipo de retaliação não aconteça com nenhum vereador desta Casa.”

“Espero que a van possa beneficiar essas crianças que levam o nome da cidade em campeonatos de caratê. Se a votação teve alguma questão em relação ao corte disso, prefeito…  fica o recado. Não estamos aqui para fazer média com ninguém. Sou do PSDB, vou defender, buscar investimento, mas isso não vou admitir. Se acontecer isso, vamos tomar atitude”, reafirmou o parlamentar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *