Foto: HMUT/Divulgação

A Vigilância Epidemiológica de Taubaté confirmou a segunda morte por gripe influenza no município em 2019. A vítima é um bebê recém-nascido. O óbito ocorreu no dia 22 de maio e os exames divulgados na tarde dessa quinta-feira (27), realizados pelo instituto Adolfo Lutz, atestaram positivo para a doença H1N1.

A vítima, um menino, estava internado no HMUT ( Hospital Municipal Universitário de Taubaté). A outra morte confirmada por gripe na cidade foi de uma criança de um ano no dia 26 de março.

Ainda de acordo com a Vigilância Epidemiológica, atualmente sete mortes são suspeitas em decorrência da doença e estão em investigação. Até agora foram confirmados 22 casos de influenza em Taubaté.

No mesmo período do ano passado, a Vigilância Epidemiológica havia confirmado nove mortes. Taubaté encerrou 2018 com 15 mortes confirmadas por influenza.

Recentemente a Prefeitura de Taubaté disponibilizou vacinas contra a gripe. Ao todo 100.769 doses da vacina contra influenza foram aplicadas com uma cobertura de 100,41% em relação aos grupos prioritários.

Cuidados:
O Ministério da Saúde orienta a adoção de cuidados simples como formas de prevenção:
Lavar as mãos várias vezes ao dia, cobrir o nariz e a boca ao tossir e espirrar com papel descartável, evitar tocar o rosto e não compartilhar objetos de uso pessoal, manter ambientes ventilados, entre outros.

Em caso de síndrome gripal, a recomendação é procurar um serviço de saúde o mais rápido possível.

Os sintomas da gripe são:
Febre, tosse ou dor na garganta, além de outros, como dor de cabeça, dor muscular e nas articulações. Já o agravamento pode ser identificado por falta de ar, febre por mais de três dias, piora de sintomas gastrointestinais, dor muscular intensa e prostração.

Confira outras notícias:

Clique aqui e confira as últimas notícias do Portal Quiririm News

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *